XVII Jogos do Mediterrâneo – Preparação Nacional

Na continuidade da preparação para os XVII as expectativas quanto ao desempenho da Missão Portuguesa, em Tarragona, são de aproveitamento de uma nova oportunidade de aferição da qualidade dos atletas nacionais, segundo refere o Presidente do COP, José Manuel Constantino: “O quadro dos países participantes colocam esta competição num nível médio/elevado em termos de competitividade, pelo que se torna muito útil no quadro de avaliação da competitividade desportiva nacional, no contexto internacional.” Mas não está afastada a possibilidade de atingir posições de excelência. Pelo contrário. “Em algumas modalidades desportivas é expectável que Portugal ambicione a posições de pódio”, sublinha o presidente do COP.

A Missão Portuguesa será composta por cerca de 230 atletas e estende-se pela esmagadora maioria das modalidades e disciplinas nas quais se inclui o tiro com arco:

Andebol

Atletismo

Badminton

Basquetebol 3×3

Boxe

Canoagem

Ciclismo

Esgrima

Equestre

Esqui

Aquático

Futebol

Ginástica Artística

Ginástica Rítmica

Golfe

Halterofilismo

Judo

Karate

Natação Pura

Petanca

Pólo Aquático

Remo

Taekwondo

Ténis

Ténis de Mesa

Tiro

Tiro com Arco

Tiro com Armas de Caça

Triatlo

Vela

Voleibol

Voleibol de praia

Os cinco atletas de Tiro com Arco pré-selecionados para ocupar os três lugares em aberto na comitiva portuguesa estão a realizar um excelente campeonato, encontrando-se nas cinco posições cimeiras no ranking nacional, ao fim de cinco provas realizadas.

Fonte: Revista Olimpo #152, Janeiro-Março 2018, Comité Olímpico de Portugal e FPTA